CÓD.N02-S03-01 ONLINE

Aspectos Determinantes Para O Fornecimento De Informações Pessoais Dos Usuários De Tecnologias Da Internet Das Coisas

Introdução: Com o avanço das infraestruturas de redes e popularização em massa da internet de alta velocidade, emerge um avanço relacionado à utilização da internet para deixar máquinas e objetos inteligentes capazes de comunicarem-se de forma autônoma. Esta possibilidade permite que conteúdos e serviços estejam em torno das pessoas, sempre disponíveis, facilitando a comunicação e abrindo o caminho para novas aplicações, fazendo com que um novo padrão de vida e de trabalho seja desenvolvido. Este novo padrão torna-se possível através dos avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação – TIC’s até uma nova concepção definida como Internet of Things – IoT. Entretanto, com uma variada coleta de dados e informações, para variados fins, no cotidiano das pessoas e das organizações, a coleta autônoma dos dados e das informações torna a privacidade um dos principais desafios em relação à IoT.

Objetivo: Investigar os aspectos que determinam a ação dos usuários de tecnologias da Internet das Coisas ao fornecerem informações pessoais em ambientes inteligentes.

Metodologia: A pesquisa caracterizou-se como positivista, de natureza quantitativa, do tipo exploratória e descritiva, sua implementação aconteceu por meio da estratégia de pesquisa de campo, tendo como instrumento de coleta de dados um questionário autoaplicável, que foi disponibilizado para respondentes em território brasileiro, com uma amostra composta por 228 respondentes, numa distribuição de 41,92% de entrevistados do gênero feminino e 57,64% de entrevistados do gênero masculino. Adotou-se na análise dos dados coletados uma linha quantitativa baseada em técnicas estatísticas, em que buscou-se cruzar os dados a fim de alcançar o objetivo da pesquisa

Discussões e Resultados: Os principais resultados encontrados dentre os aspectos determinantes para o fornecimento de informações pessoais em ambientes inteligentes, destaca-se o ambiente de uso, apresentado como aspecto que contempla continuamente os outros, por ser capaz de influenciar a disponibilização de informações no ambiente inteligente, como também a maneira como os outros aspectos são percebidos pelos usuários. A transposição de confiança, observando quando o usuário transpõe para a empresa responsável pelo dispositivo e/ou pela plataforma ao qual está conectado a sua confiança e subsequente responsabilidade em salvaguardar a privacidade do usuário. O volume de informação consentida, que diz respeito à relação entre a quantidade de informação a ser disponibilizada e a facilidade de uso do dispositivo utilizado. E a simplificação dos critérios, caracterizado pelo comportamento do usuário de tender sempre a escolhas menos complexas, simplificando sempre que possível seus critérios de segurança para disponibilizar informação. 

Conclusões: Dentre as principais conclusões decorrentes da pesquisa, intuiu-se que o ambiente de uso se configura como um aspecto determinante ao fornecimento de informação ao ambiente inteligente de maior influência entre os outros aspectos encontrados. Foi percebido que os usuários tendem a dedicar considerável atenção a segurança e a privacidade das informações que possuem, disponibilizando-as com ressalvas e cuidados. Contudo por vezes, transferem a responsabilidade pela segurança das informações para terceiros, buscando reduzir ao máximo o número de critérios a serem analisados antes de tomar a decisão de disponibilizar seus dados.

Palabras clave

Ambiente Inteligente Internet das Coisas Privacidade

Ponencia Online

Documentación de apoyo a la presentación ONLINE de la ponencia

Ver el video en youtube


Firmantes

Los autores de la ponencia

profile avatar

Carlos Cesar Santos

Ver Perfil

profile avatar

Jefferson David Araújo Sales

Ver Perfil


Preguntas y comentarios al autor/es

Hay 0 comentarios en esta ponencia


Deja tu comentario

Lo siento, debes estar conectado para publicar un comentario.